O Que Sabemos Sobre Gastos em Mobile Video Advertising

< Back to Blog
Blog

Kevin Ford

September 23rd, 2019

Quais são as últimas tendências em anúncios de mobile vídeo que estão ocorrendo no momento? O eMarketer lançou um novo relatório sobre o cenário de anúncios para mobile vídeos. Este relatório analisa mais de perto como estes anúncios são veiculados nos EUA, o berço de alguns dos principais players no campo da tecnologia.

Então, quais são as mais novas tendências encontradas no país? Mais importante ainda, como elas impactam a indústria global de publicidade?

Vamos observar mais de perto o relatório e examinar as quatro coisas que sabemos sobre o que está acontecendo agora e o que está prestes a acontecer em relação à publicidade em mobile video.

1. Dispositivos Móveis Movimentam a Maioria dos Gastos com Publicidade Digital

É vital discutirmos a importância dos anúncios de mobile vídeo, mas primeiro, é preciso entender o quão grande é a indústria nos Estados Unidos. No relatório apresentado pelo eMarketer, vemos que estima-se que anunciantes gastarão cerca de dois terços de seu orçamento digital em anúncios em plataformas mobile durante 2019. Ou seja, 67% dos gastos com anúncios digitais vão diretamente para dispositivos móveis. Isso corresponde a telefones celulares, tablets e outros equipamentos portáteis conectados à internet.

Esta mudança ocorreu inicialmente em 2014. Naquela época, as estimativas da indústria revelam que 62% dos orçamentos de anúncios são usados em desktops, laptops e outros dispositivos fixos. Já em 2015, as empresas planejavam fazer a mudança para a publicidade móvel.

Atualmente, os anúncios em smartphones são considerados como a principal campanha de marketing digital. Com base nessas informações, faz todo o sentido que a publicidade em vídeo móvel tenha se saído tão bem nessas plataformas.

2. Os Gastos com Publicidade de Vídeo Digital São Liderados por Non-Mobile Video

Discutimos como a publicidade de vídeo em dispositivos móveis está se beneficiando com essa mudança porém ainda não é exatamente o principal veículo de gastos com a propaganda de vídeo digital.

No momento, o setor de propaganda em vídeo é muito forte e está estimado em cerca de US$ 36 bilhões. Espera- se que anunciantes nos Estados Unidos gastem mais de US$ 16 bilhões em anúncios de vídeo em dispositivos móveis e mais de US$ 19 bilhões em outras plataformas durante este ano. Isso mostra que apenas 46% dos orçamentos serão destinados à telefonia móvel.

Você tem que se perguntar o porquê disso ser verdade. Infelizmente não temos as respostas exatas, mas uma coisa está claro, os gastos com publicidade são de uma natureza conservadora. Por um motivo, é muito mais fácil fazer com que as pessoas visualizem um anúncio no Twitch ou no YouTube através de um laptop ou PC conectado à Internet do que a partir de um dispositivo portátil com dados móveis.

Uma outra razão é que a publicidade em vídeo digital passa por um momento de transformação. Atualmente, existem muitas coisas acontecendo no espaço publicitário mais amplo. Em geral, continuaremos a ver a mudanças de vídeo digital em dispositivos móveis. Na verdade, a própria eMarketer afirmou que, em 2023, ela mesma será o
principal canal de gastos. Ao investir em vídeo digitais para dispositivos móveis hoje, garante aos anunciantes uma grande vantagem sobre a
concorrência.

3. Vídeos em Social Media Dependem de Anúncios em Dispositivos Móveis

Se você quer saber qual é o segredo para o sucesso com a publicidade em vídeo, você deve olhar para as redes sociais. Um total de 93% dos gastos com publicidade em social media vídeo é feito dentro das plataformas em dispositivos móveis. Isso é impulsionado principalmente por Google e Facebook. Esses dois gigantes serão responsáveis por cerca de 60% de todos os gastos com publicidade digital este ano.

Examinando cada um desses benefícios, fica claro que os anúncios em vídeo e a mídia social continuarão a ter um forte relacionamento nos próximos anos.

4. A Publicidade na Televisão Continua Forte, O Que Diminui Os Gastos Com Vídeo Em Dispositivos Móveis

Então, o que está desacelerando o crescimento dos gastos com anúncios de vídeo em dispositivos móveis? Neste momento, a publicidade na TV está desempenhando um papel importante neste processo. Durante o final de 2018, as smart TVs representaram mais de 40% das visualizações de anúncios de vídeo digital. Além disso, Hulu planeja faturar cerca de US$ 2 bilhões em faturamento de anúncios este ano. É vital que anunciantes prestem atenção às plataformas de vídeo e streaming. O eMarketer discute o Canal Roku, a Amazon e a Twitch nessa categoria. O Canal Roku fornece conteúdo gratuito sustentado por anúncios para seus 22 milhões de usuários. A Amazon também expandiu para o mercado de anúncios de vídeo com seu novo IMDb
Freedrive.

Isso será um problema para os anunciantes? É possível. Ainda assim, novos lançamentos estão por vir para preencher uma brecha entre as plataformas. Até mesmo o novo programa de jogos Stadia do Google pode ser útil. Se a publicidade na TV continua a ser dominada por dispositivos online e aplicativos móveis, então é crucial que os anunciantes ajustem seus anúncios de acordo. Isso leva a um aumento nos gastos com publicidade em ambas as vias. A ampla cobertura também garante que os anúncios estão sendo visualizados.

Últimos Pensamentos

Apesar da popularidade dos dispositivos móveis nos EUA, continuaremos a ver um forte, mas pequeno, domínio do mercado de anúncios através de anúncios não móveis. Nos próximos anos, veremos uma mudança considerável e dispositivos móveis se tornarão a plataforma dominante no início de 2020.

Como as pessoas continuam a assistir a conteúdo em sua TV conectada, estes serviços de vídeo só irão ganhar mais impulso. Com isso dito, dispositivos de casting e assistentes digitais tornarão mais fácil para pessoas acessar vídeos em um telefone, deixando o mercado aberto para mais anúncios digitais. Isso também significa que os espaços OTT e móveis poderão se unir, permitindo que ambas as vias sejam beneficiadas. O maior obstáculo para que vídeos em dispositivos móveis se tornem o principal player é a transmissão de vídeo através de Smart TVs. Hulu, NBC, Amazon e Twitch continuam a injetar dinheiro nas plataformas de vídeo que são suportadas por anúncios.

Kevin Ford

Marketing Manager

2019-09-23

Leave a comment

What does programmatic advertising look like in China?

Kevin Ford - November 21st, 2019


The programmatic advertising landscape in China lags behind North America’s, but it’s catching up thanks to the growth in the […]

Read More >

A Fraude de Anúncios e Aplicativos na Escala Global Está Piorando. Aqui Vai uma Explicação do Que É, e Como Vencê-la!

Kevin Ford - November 12th, 2019


A fraude publicitária pode chegar aos 30 biliões de dólares este ano.   A fraude em anúncios digitais é difícil […]

Read More >

Mobile Video Ad Trends

Kevin Ford - November 6th, 2019


Mobile advertising – on phones, tablets, and other mobile internet-connected devices – is expected to take up two-thirds of U.S. […]

Read More >