Como Combater A Fraude Em Anúncios na Região APAC

< Back to Blog
Blog

Kevin Ford

September 23rd, 2019

Fraudes continuam a aumentar na região da Ásia e do Pacífico. Sabendo disso, anunciantes e afiliados devem tomar medidas para evitar se tornarem vítimas de fraudes. Para isso, devemos olhar mais de perto para a epidemia.

Todos sabemos que os dispositivos móveis são agora nossos amigos diários e fiéis. Os levamos connosco para onde quer que vamos e tendemos a acessar nosso aparelho assim que abrimos os olhos pela manhã. Não podemos viver sem saber o que se passa no mundo, enquanto enviamos mensagens aos amigos e familiares, nos divertimos com nossos jogos favoritos e fazemos compras de pijama, o tempo é ilimitado. No final do dia, quando ficamos sem jogos para jogar e sem pessoas para conversar, podemos sempre recorrer às mídias sociais para nos entretermos. À medida que aumentamos nosso tempo em dispositivos móveis, parece adequado que os custos com anúncios para celulares continuem a crescer também. Estamos sempre em busca de consumidores entusiasmados, para que assim possamos atender às suas necessidades de compra. As estatísticas prevêem que a publicidade através de celulares só continuará a ganhar força até 2021.

Esse aumento na indústria atrai mais do que apenas receitas, ele também traz todos os trapaceiros, os fraudadores e manipuladores para o mercado. Eles estão sempre à espreita, escondidos atrás do espaço publicitário móvel. Muitas destas atividades ilegais acabam por maioria das vezes sendo fraudes através de publicidade móvel. Ao examinar a região APAC, você vê que atividades fraudulentas em dispositivos celulares levaram a perdas de cerca de US$ 34 bilhões em publicidade no ano de 2018. A TrafficGuard, especialista em fraude publicitária, estima que esse número pode se aproximar a US$ 56 bilhões até 2022. Essa enorme quantia nos mostra que estamos enfrentando uma epidemia, e que devemos nos concentrar mais na segurança tanto para desenvolvedores do setor quanto para consumidores afetados por fraudes.

Então quais são nossos próximos passos para evitar que isso aconteça?

1-Temos que primeiro de descobrir a verdadeira causa deste aumento.
2-Temos de descobrir como que publicitários e anunciantes possam impedir atividades fraudulentas.
Que tal analisarmos mais de perto?

Olhando De Perto A Fraude Em Dispositivos Móveis Na APAC

Quando analisamos profundamente o sistema de fraude publicitária na região da APAC, constatamos que existem mais evidências sobre esta epidemia.

A TrafficGuard publicou um relatório específico onde estudou o impacto desta fraude em diversos países como; Malásia, Tailândia, Coréia do Sul, Indonésia, Japão, Índia, Filipinas, Austrália, China e Singapura. Foi analisado como a fraude foi cometida e o resultado de cada caso para o país.

TrafficGuard relata que em 2018, um em cada treze aplicativos instalados na região APAC não foi feito por um usuário legítimo. Essa é uma estatística impressionante e a prova que a atividade fraudulenta se encontra desenfreada. Devido ao fato que estes infratores utilizam técnicas complexas e avançadas para voar sob o radar, eles evitam até mesmo as plataformas de MMPs mais sofisticadas. No final, não há praticamente nenhuma consequência para esses infratores e empresas continuam sendo vítimas das perdas abundantes causadas por essa
atividade.

O mais interessante é que a atividade não afeta a área de forma uniforme. Então, onde está a área de atuação mais predominante? Atualmente, estudos comprovam que a fraude em propaganda continua sendo maior na China, sem nenhum alívio à vista. Até 2022, a TrafficGuard prevê que empresas e anunciantes chineses enfrentarão perdas de até US$ 19 bilhões. Este obstáculo ameaça todos os anunciantes que tentam entrar no mercado.

Dados comprovam que a fraude é mais alta em regiões onde o tempo de tela é superior durante o uso do aplicativo, em média isso equivale de três a cinco horas por dia. Com o aumento do uso de aplicativos, usuários nestas regiões se tornam mais vulneráveis a fraudes publicitárias. Evidentemente, a China é mais uma vez um dos territórios onde o maior número de fraudes é registrado. Em seguida estão, Japão, Indonésia, Austrália e a Coreia do Sul. Cada uma dessas áreas continuam sujeitas aos maiores números de casos de fraude devido ao fato de que seus usuários gastam mais tempo em aplicativos.

TrafficGuard também relata que os mesmos infratores estão mudando seu foco para países onde o crescimento de smartphones está em seu ponto mais alto. Você pode se perguntar por que esse é o caso. Simplificando, fraudadores sabem que existem oportunidades nestas áreas, onde é possível explorar o mercado em rápido crescimento, antes que defesas digitais sejam instaladas para proteger as vítimas. O que isso significa para os anunciantes que buscam atingir estas áreas de alto crescimento? Um anunciante que executa uma campanha de US$ 10 milhões sem o uso de um software MMP acabará perdendo cerca de US$ 2,6 milhões dos fundos devido a atividades fraudulentas.

Devido ao fato de altos retornos e pouca vigilância a região APAC continua sendo o alvo preferido para golpes e fraudes. Isso continua a representar um sério risco para anunciantes e editores da área. Como esses hotspots continuam a registrar atividades fraudulentas, os prejuízos continuam a se acumular. Caso não sejam tomadas medidas para a detecção de fraudes, não vemos chances para o desenvolvimento do niche nesse mercado.

Aliviando O Impacto Da Fraude Em Anúncios

É difícil acabar completamente com a fraude publicitária, se não completamente impossível. À medida que os golpistas continuam a ganhar mais dispositivos e tecnologia sofisticada, os obstáculos no nosso caminho são consideráveis. Ainda assim, embora não possamos erradicar a fraude publicitária na região APAC, é possível amenizar a epidemia. Existem sistemas e soluções de prevenção que possibilitam nossos esforços. A primeira sugestão é utilizar a prevenção de fraudes multiponto. Isso detecta imediatamente qualquer gasto que pareça ser fraudulento antes que o dinheiro mude de mãos. Este sistema fornece o bloqueio de fraudes em tempo real antes que as despesas sejam alocadas ao fraudador. Ao interromper a possibilidade de fraude a este nível, os anunciantes têm uma enorme vantagem. Um indicador em tempo real analisa cada transação e bloqueia qualquer tráfego inválido imediatamente após a detecção. Isso não só protege as pessoas de se tornarem vítimas, mas também aumenta o desempenho através de métricas precisas e práticas.

Quais são alguns outros métodos que podem ser utilizados para reduzir a exposição à fraude? Para começar, os anunciantes devem escolher seus parceiros cuidadosamente. É vital trabalhar sempre com uma entidade de confiança durante o combate à fraude. Ao trabalhar na região APAC, os anunciantes devem limitar sua vulnerabilidade. Isso começa por confiar no círculo de parceiros, definir com quantas pessoas a empresa trabalha e implementar programas antifraude. Em seguida, as empresas devem gerar sistemas para medir ações em tempo real. Se você já foi exposto a fraudes anteriormente, você deve considerar mudar seu sistema de pagamentos de CPC (Cost-Per-Click) para transações de conversão, isso ajuda a diminuir seu risco. Considere também subsidiar um serviço de auditoria de verificação de anúncios, isso ajuda a garantir que você pague apenas pelos anúncios exibidos. Ao fazer isso, as empresas garantem que o dinheiro gasto com publicidade traga resultados positivos. Outro passo crucial é procurar por avanços na tecnologia de AI de combate à fraude. AI está se tornando um componente chave na luta contra a fraude em anúncios. Anunciantes precisam estar dispostos a utilizar AI como um recurso para analisar dados, ela é capaz de analisar milhões de interações de uma só vez e detectar a atividade ilegal na medida que ela ocorre.

A medida que a tecnologia de detecção multiponto continua a evoluir, as máquinas nos ajudam a enfrentar essa fraude global em maior escala. Desenvolvedores e anunciantes na área APAC se beneficiam do aumento da segurança de rede e do uso desses avanços tecnológicos para evitar fraudes. Com o tempo, todos esses esforços diminuirão as oportunidades que fraudadores têm de como capitalizar sobre o setor.

Criando Um Futuro Mais Duradouro na APAC

Seremos capazes de erradicar a fraude publicitária na APAC? Nada confirma que possamos garantir um resultado positivo. Com isso dito, a tecnologia nos permite tomar medidas preventivas que começam a colocar uma considerável limitação na fraude. Para que esse objetivo importante seja alcançado, todas as empresas da região precisam se unir para lançar um ataque em grande escala contra esse inimigo mútuo. Não há dúvida de que a fraude é uma epidemia de grande proporção, é cara para as empresas e só continua a crescer. É por isso que devemos fazer mais do que apenas denunciar a fraude, mas também tomar medidas para evitar que isso aconteça em primeiro lugar. Ao bloquear tráfego inválido e analisar dados em tempo real, os anunciantes protegem seus investimentos. Se não tomarmos medidas para proteger as empresas na região APAC vamos sofremos uma grande derrota em uma das regiões mais promissoras do mercado. Chegou a hora de unirmos nossas forças de publicidade com tecnologia sofisticada e software de detecção para expor a fraude pelo que ela é. Podemos combater isso na região APAC e em todo o mundo, desde que trabalhemos juntos, e nos tornemos pró-ativos, assim garantindo a segurança e estabilidade para todas as empresas do setor nos próximos anos.

Kevin Ford

Marketing Manager

2019-09-23

Leave a comment

What does programmatic advertising look like in China?

Kevin Ford - November 21st, 2019


The programmatic advertising landscape in China lags behind North America’s, but it’s catching up thanks to the growth in the […]

Read More >

A Fraude de Anúncios e Aplicativos na Escala Global Está Piorando. Aqui Vai uma Explicação do Que É, e Como Vencê-la!

Kevin Ford - November 12th, 2019


A fraude publicitária pode chegar aos 30 biliões de dólares este ano.   A fraude em anúncios digitais é difícil […]

Read More >

Mobile Video Ad Trends

Kevin Ford - November 6th, 2019


Mobile advertising – on phones, tablets, and other mobile internet-connected devices – is expected to take up two-thirds of U.S. […]

Read More >